quinta-feira, 30 de julho de 2009

Um momento de beleza


A água era quente de um jeito incomum para um rio. Não me incomodava, e, aparentemente, nem a eles. Passavam ao meu redor como se não se importassem. Uns eram minúsculos, quase girinos; outros, maiores do que a minha cabeça. Era de se esperar que estivessem assustados, mas ignoraram-me solenemente. Apenas continuaram passando, dirigindo-me, no máximo, um ou outro olhar distraído. Um deles era tão pequeno que me chamou a atenção, mas logo sumiu da minha vista, infiltrando-se entre as algas - ah, as algas. Elas não pareciam plantas - pareciam fios de cabelo, crescendo da terra, sedosos, macios, vivos. Passei a mão entre uma delas e senti meus dedos atravessarem sem resistência. Elas eram lindas. Tudo ali era lindo, e só então, depois de tantas vezes ter me deparado com o termo em diversos livros, eu entendi o significado de outro mundo. Um mundo melhor que o nosso. E alguns imbecis ainda nos chamam de dominantes, ah - não repetiriam tal besteira se estivessem no meu lugar, abismada diante de tantas cores e sendo tratada como nada. Não me entendam errado, não era de propósito - lá, eles não tem hierarquias. Mas, se tivessem, com certeza o trono seria dele, aquele bicho de quase dois metros de comprimento, o único que me olhou nos olhos. Me olhou como se perguntasse: "Mais uma?" E lhe respondi em silêncio, "mais uma". E ele pareceu suspirar de frustração antes de me dar às costas, a barbatana roçando por um momento nos meus dedos. Outro mundo. Quero reencarnar lá, nesse lugar de cabelos de alga e coroas de escamas, com girinos e peixes de dois metros. Mas sem tritões ou sereias - sem humanos para estragá-lo, desta vez.

quinta-feira, 16 de julho de 2009

101 coisas em 1001 dias

Me rendi e fiz a minha lista. Se se interessarem, acessem aqui para ver o regulamento. Participem, porque é muito legal 8D Tenho até 12 de abril de 2012 pra cumprir tudo. As tarefas cumpridas eu vou colocar em verde, e as "em andamento" estarão em azul. Os em verde-claro eu decidi abandonar. Os "x" entre chaves são os episódios que eu já vi/livros que eu já li/jogos ou mangás que já adquiri.

Em mais de um ano, foram 51 metas cumpridas e duas abandonadas.

Ler:


1- Ler “Dom Casmurro”.

2- Ler o ”Ciclo da Herança”. [X][X][X]

3- Ler “O Jogo do Anjo”.

4- Ler “A Sombra do Vento”.

5- Ler “A Hora da Estrela”.

6- Terminar de ler a série “As Fronteiras do Universo”. [x][x][x]

7- Ler “A Moreninha”.

8- Ler “Senhora”.

9- Ler “Iracema”.

10- Ler “Zorro”.

11- Ler algum livro do Álvares de Azevedo. (li "Noite na Taverna")

12- Ler “O Idiota”.

13- Ler “Demian”.

14- Tomar coragem e ler “Amanhecer”.

15- Ler “A Luneta Mágica”.

16- Ler “Oliver Twist”.


17- Ler a série “A Torre Negra”. [X][X][X][X][X][X][7]

18- Ler a trilogia “O Senhor dos Anéis”. [1][2][3]

19- Adquirir “Lolita”.


Assistir:


20- Assistir “Philadelphia".

21- Assistir “O Estranho Mundo de Jack”.

22- Terminar a segunda temporada de The Big Bang Theory. [x][x][x][x][x][x][x][x][x][x][x][x][x][x][x][x][x][x][x][x][x][x][x]

23- Assistir “Juno”.

24- Assistir “Em Busca da Terra do Nunca”.

25- Assistir duas temporadas inteiras de “Law & Order – Special Victims Unit”. [X][X]

26- Assistir “A Cor Púrpura”.

27- Assistir uma temporada de “Supernatural”. [X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X]

28- Assistir uma temporada de “House”. [X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X]

29- Assistir uma temporada de “Friends”. [X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X]

30- Terminar de ver Nobuta wo Produce. [x][x][x][x][x][x][x][x][x][x]

31- Assistir “Donnie Darko”.

32- Assistir “Um Sonho de Liberdade”.

33- Assitir "Quase Dois Irmãos".

34- Assistir algum episódio de “Pushing Daisies”. (vi o Pilot)



Otaku:


35- Ver “Suzumiya Haruhi no Yuuutsu”. [X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X]

36-Ver “Soul Eater”. [X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X]

37-Adquirir os mangás de One Piece que eu ainda não tenho. [X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][51][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X]

38- Comprar um garage kit individual do Zoro.

39- Comprar alguma coisa do Ryohei, de Katekyo Hitman Reborn. (comprei um chaveiro e o anel *-*)

40- Ir a algum evento fora do Rio.

41- Comprar os cartazes de “wanted” dos personagens de One Piece que eu ainda não tenho. [X - Sanji][Nami][X - Brooke]

42- Criar coragem e voltar a acompanhar o mangá de Naruto.

43- Criar coragem e voltar a acompanhar o mangá de Bleach.

44- Ver “Code Geass”. [X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][X][18][19][20][21][22][23][24]

45- Adquirir mais dez volumes de Shaman King. [X][X][X][X][X][X][X][X][X][X]

46- Terminar de ver “Black Cat” [x][x][x][x][x][x][x][x][x][x][x][x][x][x][x][x][x][x][x][x][x][x][x]

47- Voltar a ler e acompanhar D. Gray-Man.

48- Comprar três garage kits de pessoas de KHR. [X - Lambo][2][3]

49- Participar de um daqueles duelos medievais de eventos, sem medo da fila.

50- Comprar um chapéu de Chopper.

51- Limpar todos os meus garage kits, uma vez a cada duas semanas por três meses. (29/12) (13/01) (28/01)(12/02) (27/02) (14/03) (29/03)

52- Ir ao Anime Friends.

53- Ver três filmes de One Piece que eu ainda não tenha visto. [X][X][X]


Escrever:


54- Completar os quatro sets do 30Cookies. [1][2][3][4]

55- Publicar três histórias originais no fictionpress. [X - "Nostalgia".][X - "Lama".][X - "Cherchez la femme".]

56- Completar o Desafio de OP com a Anne.

57- Completar o Desafio dos Fandons Inativos com a Abra.

58- Postar no blog semanalmente, durante dois meses. (13/10) (20/10) (29/10) (05/11) (12/11) (19/11) (26/11) (03/12)

59- Escrever uma fic Kanon/Takuya pra Claudia.

60- Chegar a ter duzentas fics na minha conta no fanfiction.

61- Fazer um post pro Golden Five aqui no blog.

62- Fazer um post pra Salinha aqui no blog.

63- Escrever uma fic Hao/Anna pra Anne.

64- Publicar uma fic a cada duas semanas, durante três meses.

65- Escrever uma fic de Nana. ("Iris", aqui.)

66- Fazer um post sobre a Clarice aqui no blog.

67- Fazer um post sobre escrever. (In the middle)


Vida:


68- Ficar uma semana sem brigar/discutir com ninguém.

69- Ficar três dias sem falar palavrão.

70- Conhecer no mínimo cinco das minhas amizades “virtuais”. [1][2][3][4][5]

71- Ir num show que não seja do McFly.

73- Conhecer a Abra.

72- Fazer um elogio sincero para alguém durante todos os dias, de duas semanas. (início: 09/03; final: 24/03)

74- Comprar um MP4 novo, com fones que eu não quebre em uma semana e um carregador decente.

75- Dizer “sim” pra tudo durante um dia inteiro.

76- Ficar um mês sem esquecer de fazer nenhum dever da escola. (início: 08/08) (final: 08/09)

77- Ir ao teatro quatro vezes. [X - Vi "Fragmentos do Desejo".][2][3][4]

78- Aprender a cozinhar algo além de ovo mexido/frito ou miojo. (aprendi a fazer bife 8D)

79- Ir a dois outros países, que eu ainda não conheça. [X - França] [X- Mônaco] (ambos em julho de 2010)

80- Adquirir no mínimo três camisas do thinkgeek. [X - Mushroom 1up.][X - I see dumb people.][X - You read my t-shirt.]

81- Comprar um CD do Lifehouse. (comprei "Lifehouse" 8D)

82- Mandar uma carta por semana, por dois meses.

83- Mandar um depoimento por dia durante uma semana. (23/11 - Ray; 24/11 - Peixe; 25/11 - Nanda; 26/11 - Bru; 27/11 - Isabella (mandei dois); 28/11 - Dot; 29/11 - Nathan; 30/11- Lela.)

84- Conseguir um computador pro meu quarto.

85- Raspar todas as figurinhas que eu colei no meu armário aos oito anos e não tive coragem de tirar até agora.

86- Comprar uma bota preta sem salto.

87- Aprender a regra da crase.

88- Guardar dez reais da minha mesada todo mês, durante seis meses.

89- Ficar sem usar o computador por três dias.

90- Ficar um mês sem comer chocolate.


Videogame:


91- Zerar algum Final Fantasy.

92- Zerar todos os Devil May Cry. [1][2][3]

93- Jogar Tekken 5.

94- Terminar a campanha de WoW.

95- Zerar o Guitar Hero no expert.

96- Adquirir mais três jogos de OP. [X][X][3]

97- Adquirir algum jogo de KHR.

98- Criar e jogar com uma espécie herbívora no Spore.

99- Zerar Pirates’ Carnival.

100- Fazer um Sim ser abduzido.

101- Comprar o Anime Hero. (comprei os três 8D)

quarta-feira, 15 de julho de 2009

Um trecho aleatório,

que não lembro de quem é ou de onde tirei:


(só pra eu não correr o risco de esquecer disso algum dia)




"Eu irei até lá. Eu irei até lá, e eu falharei miseravelmente. Chegarei com os joelhos tremendo, sem mal conseguir segurar a arma, e entrarei na arena de cabeça baixa. Serei derrotado em pouquíssimo tempo – cairei após dois golpes. E o inimigo vai rir, e a multidão rirá junto. E eles dirão que fui tolo, que fui estúpido, que não soube parar na hora certa. Morrerei por perda de sangue, somada aos chutes do adversário em pé diante de mim. E todos rirão mais um pouco, e todos me chamarão de fraco, e todos dirão que fui patético mas ninguém vai poder dizer que eu não tentei.”

sábado, 11 de julho de 2009

Cinco coisas aleatórias que eu odeio

Podem considerar este aqui um post rabugento, se quiserem, e eu entendo que não queiram ler se estiverem bem humorados ou num dia especialmente bom. Agora, se não estiverem, leiam e juntem-se a mim para meter o pau nessas cinco INSUPORTÁVEIS casualidades da vida, com que todo mundo tem que conviver.

______

1- Odeio mulher que vive em função de homem.

Tipo, MUITO. Vocês sabem do que eu estou falando: Aquele tipo de pessoa que acha que ficar sozinha é o fim do mundo, que só se pode ser feliz se tiver alguém do seu lado, que tem 16 anos e acha que vai ficar pra titia. Elas são tão desesperadas para achar um indivíduo masculino que lhes dê uma migalha de atenção, que qualquer um serve. Elas não são capazes de ter amigos homens, e nem de entender aquelas que os têm. Se veêm um casal feliz, fazem de tudo para botar defeito na relação de ambos, chegando ao ponto de fantasiar que o cara está dando em cima delas. Aliás, também tem isso: O mundo todo dá em cima delas, na visão das próprias, é claro. Qualquer homem que as olhe por mais de três segundos está interessado. Qualquer um que puxe papo tem segundas intenções. Se um cara as elogia, então ele quer compromisso sério. Elas são tão cegas que caem na conversa de qualquer imbecil: Pra elas, um "eu te amo" justifica qualquer merda e evidente falta de interesse do homem em questão. E depois, quando dá tudo errado, ainda se surpreendem. Os homens não as levam a sério, e as mulheres (as sensatas) também não. E, se você for desse tipo que acha que a vida não vale a pena sem uma paixão, dou a dica: COMPRA UM VIBRADOR, GATA. Sério, vai te fazer um bem sem tamanho. Do tamanho que você quiser, na verdade.

Felicidade eterna garantida, por menos de cem reais.

2- Odeio gente depressiva.

Depressão é uma doença. De verdade. É uma doença terrível, e quem sofre dela merece e precisa de ajuda, indiscutivelmente. Então, logicamente, não é desse tipo de gente depressiva que eu quero falar. O que eu odeio mesmo é gente que SE DIZ depressiva. "Mimimi tadinho de mim, eu sou feio, chato, burro e ainda por cima não tenho outro assunto, mimimi". Eu entendo que tenha dias em que todo mundo se sente um lixo, mas, em primeiro lugar, você não precisa ANUNCIAR a sua tristeza pra ninguém. Lógico, se você estiver deprimido, vai querer desabafar com um ou dois amigos próximos, é natural. Agora, desabafar é uma coisa, forçar a barra é outra. Não tem NADA mais insuportável do que estar numa conversa falando, sei lá, de amor, e algum imbecil virar e mandar "Ah, ninguém nunca disse que me ama, acho que é porque eu sou feio e chato rs". Na boa, a minha vontade ao ouvir um comentário desses é mandar um "Concordo" e ignorar a pessoa - mesmo que, na verdade, eu não ache isso. Porque, mesmo que não seja consciente, a maioria das pessoas só fazem isso para obrigar os outros a dizerem algo tipo "Ah, não, que é isso, você é ótimo", ou derivados. Isso é um puta dum EGOÍSMO e uma babaquice completa. É também o caso daqueles que vem com dramalhões do tipo "Mimimi, sou a pessoa mais infeliz do mundo, ninguém me entende, mimimi". Aí, além do "concordo", eu ainda sinto vontade de apresentar a pessoa à um excelente amigo meu: O décimo segundo andar, de onde ela pode se jogar e satisfazer a todos, inclusive a si mesma.

Caiam na real, porra. Ninguém te entende? Cara, se tu for num analista BOM, vai descobrir que é tão simples de entender quanto um jogo de dominó. Às vezes, até mais. A pessoa mais infeliz do mundo? Porra... CAI NA REAL! Olha ao seu redor, cacete! Taca no buscador de imagens do google algo do tipo "crianças africanas" e se compara com o que você vê, vai. Ou, melhor, olha pela janela e vê aquele mendigo passando na rua. Compara a infelicidade dele com o seu desespero por levar um fora do namorado, que tu vai ficar com vergonha de ter sequer considerado a hipótese de ser o mais infeliz do mundo. E, se não ficar, pega o elevador e vai pro décimo segundo AGORA, porque você não tem mais jeito mesmo.

Tenha vergonha na cara, caralho. Pare de achar que sofrer é "digno" e "maravilhoso". O problema da garota que se mata por amor é que, na história, ela é a heroína - mas, na vida real, os médicos a levam para o hospício. Se você tem casa, comida, roupa lavada e mesmo assim algo te desagrada a ponto de te deprimir, MEXA-SE E MUDE ISSO, porra. Tem gente em condições muito piores que as suas, pode acreditar.

O tipo da resposta que todos os depressivos mereciam ouvir.

3 - Odeio gente que idolatra gays.

Muito cuidado com esse aqui: Eu não estou DE JEITO NENHUM defendendo a discriminação dos homossexuais. Acho que cada um faz o que bem entender com o que é seu e ninguém tem nada a ver com isso. Homofobia é uma das maiores babaquices que existem, além de ser crime. Não estou discutindo isso. Estou reclamando do INVERSO. Não entendeu? Pois bem, se você olhar à sua volta, verá que várias pessoas (na maioria garotas) acham que ser gay é OMG TOTALLY AWESOME, como se a preferência sexual de alguém fizesse essa pessoa diferente dos outros. Um conhecido meu contou que, uma vez, quando ele estava ensaiando com o namorado dele (eles tem um grupo de dança), algumas garotas pararam e começaram a assistir. Até aí, ok, mas, depois, elas começaram a fazer corinhos de "OOOOUN!" e a dar gritinhos quase ofensivos, de "Lindos, gostosos, gays!" e derivados. Juro, minha sensação de vergonha alheia ao ouvir isso foi absurda.

Cara, caso vocês não tenham se tocado, ISSO TAMBÉM É PRECONCEITO. "Mimimi preconceito é só quando se julga mal", nananinanão. Preconceito é, como diz o próprio nome, um pré-conceito, ou seja, um conceito que você forma de alguém
sem conhecer essa pessoa. Ou seja: Se você diz que um cara é nojento por ser gay, é um preconceito; agora, se você diz que ele é perfeito pelo mesmo motivo, TAMBÉM É. Porra, aprendam que isso não tem nada a ver. A história é cheia de gays fodas, e é cheia de gays filhos da puta também, mas o que isso prova? Nada, a não ser que uma pessoa continua sendo uma pessoa, independemente da sua opção sexual. Ou seja, ela continua tendo defeitos, sendo escrota de vez em quando, indo ao banheiro para fazer as necessidas, enfim, tudo que um ser humano normal faz.

Falando sério, eu tenho pena dos homossexuais, cara. Digo, de um lado
, tem esses malucos que acham que todos eles vão queimar no inferno - e, do outro, tem MAIS malucas que acham que todos eles são puro LOOSHO e purpurina, como se homossexuais tivessem sempre que serem extrovertidos e alegres. Daí surgem pérolas do tipo "queria que meus amigos fossem gays", ou (a mais ridículo) "queria ser um homem gay". Tipo... POR QUÊ? Gays sofrem preconceito pra caralho, sabia? Tem gente que perde contato com a família por ser gay, teve pessoas que morreram por isso. Se for pra pegar algum gay gostoso que você conheça, aí eu até entendo - mas, se não, qual o sentido? Pra poder dar a bunda? Sendo mulher, você já pode fazer isso. Pra poder comer a bunda de alguém? Bem, sendo mulher... Você TAMBÉM pode fazer isso, é só usar aquele amiguinho fantástico que eu apresentei no primeiro item. Ou um cabo de vassoura, sei lá.

Mas o pior, mesmo, é falar isso e ter que ouvir os imbecis te tachando de preconceituosa. Porra, a moral não é justamente não haver diferenciação?

4- Odeio gente (que se diz) foda.


Ultimamente (e para a minha infelicidade), esse tipo tem se tornado mais comum. O melhor exemplo disso é o do fanfiction. Eu já perdi a conta dos milhares de profiles que diziam "sou irônico, sarcástico, cruel, badass e odeio a todos, não fale comigo". Nada contra se a pessoa for REALMENTE assim, mas, na maioria das vezes, colocam isso no profile só pra ficar com fama de "mau". Daí você manda uma mensagem pro cara elogiando as fics e pedindo o msn, e recebe uma resposta hiper simpática, receptiva e alegre. Porra, você não era o fodão que pisava em todo mundo? Que mudança repentina é essa?

Não é difícil encontrar gente assim por aí. Eles dizem que odeiam o mundo todo, só se importam consigo mesmos, seus únicos sentimentos são o ódio e a repu
gnância, devoram criancinhas no café da manhã, etc. Eles se acham "fodas", "maus" e "cruéis". Gente, dou o toque: VOCÊS NÃO SÃO. Vocês não fazem a menor idéia do que realmente é crueldade, vocês são só um bando de babacas que gostam de debochar da cara dos outros. Dar uma resposta ríspida pra alguém que te dê "bom dia" não te faz cruel, te faz estúpido, só isso. Você pensa que é o Snape, mas, na verdade, você não passa do imbecil do Draco - que, apesar de ser "irônico" e "sarcástico", não tem uma única tirada boa o livro inteiro, se borra de medo da prisão, e dá gritinhos apavorados ao se deparar com um comensal da morte.

Claro que há exceções. Tem gente que realmente é irônica e sarcástica, mas, na maior parte dos casos, essas pessoas não se dão o trabalho de ANUNCIAR isso pra ninguém. Sabe por quê? Porque gente que diz desprezar o mundo todo, teoricamente, despreza o mundo todo (orly?). Então, eles estão pouco se ferrando pra fazer pose de fodão e impressionar os outros. E quanto a gente que odeia a vida... Bem, pra vocês, um DEDÃO POSITIVO, que é a única maneira de lidar com casos assim.

Odeia a vida? Ótimo, agora vá embora.

5- Odeio síndrome de underground.

Essa é clássica. Todo mundo já viu algo parecido: É só um anime passar na TV aberta/um livro ser adaptado pro cinema/uma música tocar no rádio, que vários fãs entram em pânico porque "ZOMG VAI VIRAR MODINHA TODO MUNDO VAI COMEÇAR A GOSTAR NÃÃÃÃO!!1!".

Eu nem sei o que dizer disso. Sério, isso ultrapassa o limite da falta de noção. Cara, e daí? Vai fazer sucesso, vender horrores, todo mundo vai começar a gostar - ok, e em que isso te afeta, porra? A banda perde o talento de tocar no rádio? O clipe deixa de ser legal se passar na MTV? O mangá vira uma merda se a Panini resolver publicar? CLARO QUE NÃO, CARALHO. Não faz a menor diferença, apenas vai se tornar mais conhecido.

O engraçado dos portadores dessa síndrome é que eles vivem reclamando que as pessoas não "valorizam o que é bom" - mas, se começa a fazer sucesso, eles se desesperam. E ainda julgam os que começam a gostar depois que faz sucesso. Ok, concordo que posers são um saco, mas qual o problema da pessoa conhecer através da modinha? Ninguém tem obrigação de ficar fuçando na internet sobre bandas/músicas desconhecidas.

Aí o imbecil chega e fala: "Mimimi, mas e você? A sua banda favorita é desconhecida também, isso não te faz underground?" E eu respondo: Cara, eu ia AMAR se Lifehouse virasse modinha. Quem me dera se eles fizessem um sucesso à la McFly, que faz dois shows no mesmo lugar com um intervalo de menos de oito meses entre cada um, e mesmo assim os ingressos esgotam em ambos. Ia ficar mais fácil de achar cds, de encontrar as músicas pra donwload, de comentar com as pessoas a respeito - sem falar que aumentaria as chances de eles fazerem um show aqui. Ia ficar cheio de posers que só conhecem uma música, mas eu tô pouco me ferrando pra isso, e aposto que eles também. E aposto que a TUA banda desconhecida favorita também ia amar virar modinha. "Mimimi mas artistas de verdade não se preocupam com sucesso" CLARO QUE SE PREOCUPAM, PORRA. Tá achando que seus ídolos são santos? Lógico que não, eles também querem vender milhares de cds, tocar em casas de show imensas, ter meninas se descabelando por causa deles, et coetera. E, se eles tem talento, por que deveriam ser privados disso?

Ah, sim, porque isso arruinaria a sua pose de fodão cult que só curte coisas que ninguém conhece. Hm.


______


Em vez de "coisas", acabaram virando cinco "tipos de pessoas" que eu odeio. Anyway, não importa. É fruto do fato de que, aparentemente, eu ATRAIO esse tipo de gente, porque eles grudam em mim feito ímãs (algo que não desejo nem pro meu pior inimigo), o que acaba me obrigando a aturá-los. Qualquer dia desses eu perco a cabeça e...

Bem, isso já é outra história.